Saúde Capilar.VIP - Helainy de Araujo Devos

Qual a Relação do Coronavírus com a Queda de Cabelo?

A pandemia tem nos trazido momentos de muita angústia, pois os casos alarmantes de casos graves e mortes têm gerado medo e incerteza. Além dos efeitos maléficos já conhecidos, a queda de cabelo severa vem sendo observada em um número cada vez maior de pessoas que se curaram do coronavírus que, após 2 ou 3 meses, começam a perder os cabelos. 

As mulheres são as mais afetadas. O padrão de queda é conhecido pelos dermatologistas como eflúvio telógeno. “Normalmente aparece de modo secundário em processos como um parto, uma operação cirúrgica e uma doença. Nesse caso, a covid. E se manifesta no formato de queda muito chamativa no chuveiro, travesseiro, ao pentear… Em muito pouco tempo se perde um volume considerável de fios, mas não causa calvície definitiva. 

Em outras palavras: cai muito e em pouco tempo. Depois, a queda estabiliza e o cabelo novo volta a crescer com normalidade. O lado ruim é que nesse período a queda descontrolada e inevitável é muito angustiante. Muito mais em pessoas que acabam de superar uma doença tão devastadora como a covid e podem estar emocionalmente vulneráveis. 

Não é usual que ocorra três meses após a doença ter passado. É o tempo decorrido da morte do cabelo no folículo piloso (coincidindo com o pico da doença) até se desprender por completo. Normalmente, esse tipo de queda de cabelo aparece fundamentalmente em mulheres porque são as que mais sofrem alguns problemas que o causam, como mudanças hormonais, partos e quedas do nível de ferro. Ainda assim, para os especialistas é muito curioso que a queda pela covid também seja vista em homens. Pessoalmente, nunca havia visto tantos casos de eflúvio telógeno em homens. É lógico: o vírus não distingue sexo e idades”. 

O vírus não afetou somente o cabelo dos que desenvolveram a doença. Também teve consequências indiretas nos que não deram positivo para covid, ou seja, atinge também os casos considerados leves da doença. 

Ainda que o processo costume se resolver sozinho, podemos fazer coisas para que acabe o quanto antes. Um dos conselhos dos tricologistas é, lavar o cabelo com frequência. Ao higienizar, ajudamos a eliminar o cabelo que iria cair cedo ou tarde e aceleramos sua recuperação. Se continuar caindo, é bom fazer uma análise básica para descartar outras causas, como uma alteração da tireoide e uma queda de ferro no organismo

Espalhe a paixão

Deixe uma resposta

Junte-se ao clube!

Uma vez por mês enviaremos a você as últimas notícias do Saude Capilar.VIP para ajudá-lo a aprender tudo sobre cabelos. Dicas, novas técnicas, novos produtos, novos fabricantes, últimas tendências e muito mais.
Sim, é totalmente grátis